Recusar – Abusar – Usar (Huberto Rohden)

Cosmos

RECUSAR – ABUSAR – USAR

Recusar é uma atitude preliminar necessária para poder usar corretamente, sem abusar.
O homem profano abusa.
O homem virtuoso recusa.
O homem sábio usa.
O celibato de Gandhi, diz Tagore, é antes budismo que brahmanismo, é mais virtude que sabedoria.
O homem sábio deve ser capaz de usar tudo, sem recusar nada e sem abusar de nada.
Mas… é melhor recusar do que abusar. E quem não é assaz forte para usar sem abusar, faz bem em recusar.
Muitos abusam.
Alguns recusam.
Poucos usam.

(In: Roteiro Cósmico, Huberto Rohden, Editora Martin Claret, São Paulo, 1985.)

 

Anúncios

Sobre daurabrasil

Experimento a quietude e adentro meu sítio íntimo. Amplio a sensibilidade... E, com liberdade, encontro-me com a Poesia. Situo ainda algumas questões e o que elas implicam... Sem anular o pensamento, ouso revelá-las, refletindo o sentir e o consentir. (Daura Brasil) * * *
Esse post foi publicado em Crônica, crônica, Huberto Rohden, Recusar - Abusar - Usar, Reflexão, Texto e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s