Dia Internacional da Mulher

Dia Internacional da Mulher

      O Dia Internacional da Mulher celebra-se no dia 8 de março.

Sua origem envolve, erroneamente, mítico vínculo a um desumano ato, ocorrido no dia 8 de março de 1857, quando operárias têxteis, ocuparam a fábrica para reclamar condições dignas de trabalho. Trancafiadas pelo patrão, sucedeu um incêndio, tragédia fatal, que vitimou cerca de 140 tecelãs.

Na verdade, outras expressões são apontadas, firmadas em ideologias, que refletiam interesses revolucionários, como aconteceu em 28 de fevereiro de 1909, quando um grupo de mulheres norte-americanas, socialistas, se uniu numa jornada pela igualdade dos direitos cívicos e aprovaram a instituição de um dia que seria dedicado à mulher. Mas, na ocasião, nenhuma data foi especificada.

Na história há registros de outras importantes conquistas das mulheres, que lutaram, bravamente, por suas convicções sociais, morais e políticas.

Todavia, depois da 3ª Internacional Comunista, com a manifestação das mulheres de São Petersburgo, estopim da Revolução Russa, ocorrida no dia 23 de Fevereiro de 1917, que, no nosso Calendário Gregoriano é o dia 8 de Março, é que se fixou essa data como Dia Internacional da Mulher.

Na década de 1960, os movimentos pela libertação das mulheres se multiplicaram em comemorações por todo o mundo.

No Brasil, a partir de 1970, em plena ditadura, uma corrente feminina se aliou às lutas pela democracia.

Em 1975, com a Conferência Mundial de Mulheres, organizada pela ONU, os movimentos passam a ganhar maior abertura.

Em 1977, a ONU reconhecendo essas lutas, instituiu o Dia 8 de Março como o Dia Internacional da Mulher.

(comentário a partir de pesquisas)
Ilustração: Internet
* * *

No Dia Internacional da Mulher, antes, devemos motivar uma considerada reflexão do que simplesmente uma comemoração. Se prestarmos atenção no que presenciamos e ainda temos que aceitar, compreenderemos que, apesar de algumas importantes conquistas, ainda há muito para ser reivindicado. Então, políticas públicas devem ser criadas, cessando as restrições à plena cidadania da mulher, alimentadas por preconceitos de toda ordem, desvantagens na carreira profissional, jornada de trabalho excessiva, salário inferior ao do homem e a desprezível violência doméstica.

Daura Brasil

“A natureza deu tanto poder à mulher que a lei, por prudência, deu-lhes pouco.”
– Samuel Johnson

Anúncios

Sobre daurabrasil

Experimento a quietude e adentro meu sítio íntimo. Amplio a sensibilidade... E, com liberdade, encontro-me com a Poesia. Situo ainda algumas questões e o que elas implicam... Sem anular o pensamento, ouso revelá-las, refletindo o sentir e o consentir. (Daura Brasil) * * *
Esse post foi publicado em Data Comemorativa, Dia Internacional da Mulher, Dia Internacional da Mulher, Texto e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s