Arquivo da categoria: A Catedral – Alphonsus Guimaraes

Análises do poema “A Catedral” de Alphonsus Guimaraes

   A Catedral Entre brumas, ao longe, surge a aurora, O hialino orvalho aos poucos se evapora, Agoniza o arrebol. A catedral ebúrnea do meu sonho Aparece na paz do céu risonho Toda branca de sol. E o sino canta … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em A Catedral - Alphonsus Guimaraes, análise, Poesia, poesia | Deixe um comentário