Arquivo da categoria: Crônica

Os ipês-amarelos (Rubem Alves)

Os ipês-amarelos Rubem Alves ‘Muitas pessoas levam seus cães para passear; eu levo meus olhos para passear, eles se encantam com tudo’ Uma professora me contou esta coisa deliciosa. Um inspetor visitava uma escola. Numa sala ele viu, colados nas … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Crônica, crônica, ipês-amarelos, Os ipês-amarelos (Rubem Alves), Rubem Alves | 2 Comentários

Desabafo de um grande pensador (Rubem Alves)

Desabafo de um grande pensador  Coisas da maturidade… Ganhei coragem. “Mesmo o mais corajoso entre nós só raramente tem coragem para aquilo que ele realmente conhece”, observou Nietzsche. É o meu caso. Muitos pensamentos meus, eu guardei em segredo. Por … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Crônica, crônica - Rubem Alves, desabafo, Desabafo de um grande pensador, pensador. | Deixe um comentário

A Lua de Li Po

A  LUA  DE  LI PO Há mil e duzentos anos, morria na China o poeta Li Po. Seu nome e o de Tu Fu resumem a glória da poesia chinesa no século VIII; e o próprio Tu Fu, que alguns … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em A Lua de Li Po, Crônica, crônica - Cecília Meireles, Lua de Li Po | 4 Comentários

Carpe Diem – Aproveite o Dia! (Arnaldo Jabor)

Aproveita o dia, Não deixes que o dia termine sem teres crescido um pouco, sem teres sido feliz, sem teres alimentado teus sonhos. Não te deixes vencer pelo desalento. Não permitas que alguém te negue o direito de expressar-te, que … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em atitudes positivas, Carpe Diem (Arnaldo Jabor), Carpe Diem - Aproveite o Dia!, Crônica, crônica | Deixe um comentário

As Promessas (Rubem Alves)

As Promessas Não ligo para aquilo que os meus inimigos pensam de mim. O que eles pensam nada revela a meu respeito – mas diz muito sobre as condições do seu trato digestivo. Nietzsche dizia que havia pessoas que não … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em As Promessas, Crônica, crônica (Rubem Alves) | Deixe um comentário

A Solidão Amiga (Rubem Alves)

H.Orth – Orquídeas A solidão amiga (Rubem Alves) A noite chegou, o trabalho acabou, é hora de voltar para casa. Lar, doce lar? Mas a casa está escura, a televisão apagada e tudo é silêncio. Ninguém para abrir a porta, … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em A Solidão Amiga, Crônica, crônica (Rubem Alves), solidão | 2 Comentários

“Meu coração fica junto ao coração dela…” (Rubem Alves)

“Meu coração fica junto ao coração dela…” Rubem Alves “A boca fala do que está cheio o coração”: esse é um ditado da sabedoria judaica, que se encontra nas Escrituras Sagradas. Bem que poderia ser a explicação sumária daquilo que … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em "Meu coração fica junto ao coração dela...”, compaixão, Crônica, crônica, Rubem Alves | Deixe um comentário

A Alegria de Ensinar (Rubem Alves)

A Alegria de Ensinar Rubem Alves Muito se tem falado sobre o sofrimento dos professores. Eu, que ando sempre na direção oposta, e acredito que a verdade se encontra no avesso das coisas, quero falar sobre o contrário: a alegria … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em A Alegria de Ensinar, A Alegria de Ensinar, Crônica, crônica (Rubem Alves), Educação, Homenagem, Professor, vídeo | Marcado com | Deixe um comentário

“A criança é alegria como o raio de sol e estímulo como a esperança.” Coelho Neto

Feliz como uma Criança Oh! A idade venturosa da infância! Onde há outra mais feliz e mais tranquila, mais sorridente – isto é, mais egoísta?… Em volta de nós podem suceder as piores catástrofes. Se elas nos não arrancam nem … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em "A criança é alegria como o raio de sol e estímulo como a esperança.", Crônica, criança, Data Comemorativa, Feliz como uma Criança - in "O Incesto", Homenagem | Marcado com | 2 Comentários

Os Flamboyants (Rubem Alves)

Os Flamboyants Rubem Alves A manhã estava linda: céu azul, ventinho fresco. Infelizmente, muitas obrigações me aguardavam. Coisas que eu tinha de fazer. Aí, lembrei-me do menino-filósofo chamado Nietzsche que dizia que ficar em casa estudando, quando tudo é lindo … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Crônica, crônica - Rubem Alves, Os Flamboyants | Deixe um comentário