Arquivo da categoria: Rumo ao Prumo – Rosany Costa

Rumo ao prumo…

Rumo ao prumo… Rosany Costa (Plenytude) Esse silêncio, próprio da madrugada, não incomoda tanto quanto o da alma. Nem sei se seria este o termo correto, silêncio. Talvez deva denominar este estado de vazio, oco… Nada parece consistente além da … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Prosa Poética, prosa poética, Rumo ao Prumo - Rosany Costa, Rumo ao prumo... | Deixe um comentário